No seu studio Maison Chic, no Barra Square, Elis de Sá, especialista em megahair e cabelo afro, atende ao público estritamente feminino

Elis de Sá- expert em mega hair - cabelo afro - barra squareQuem conhece Elisângela de Sá ou, simplesmente, Elis de Sá, sabe o real significado da palavra batalhadora. Dona de um admirável talento com os cabelos, conquistada desde os 9 anos de idade, quando já fazia serviços como aplicar o nostálgico henne nas clientes de sua mãe, exímia peruqueira, a especialista em megahair e cabelo afro batalhou muito para chegar até aqui como uma das profissionais mais cobiçadas do ramo. Hoje, ela pode olhar para trás e observar a trilha de sucesso dentro de seu próprio espaço, o Maison Chic Elis de Sá, no shopping Barra Square.

Se atualmente Elis é um dos nomes do megahair, ela precisa “agradecer” a um erro. Um belo dia ela resolve cortar o cabelo, mas o profissional foi longe demais com a tesoura e a deixou insatisfeita – daí teve a ideia que seria um divisor de águas de sua vida. “Minha mãe como era peruqueira, tinha umas perucas de cabelo humano em casa. Então, resolvi trançar e fazer um megahair em mim. Minhas amigas amaram e pediram para fazer no delas também”, relembra.

Então, de um erro nasceu um acerto. Elis viu que podia fazer a técnica em mais pessoas e isso passou a ser sua obstinação. Na época, seus recursos eram poucos, mas precisava divulgar seu trabalho. Sem telefone, ela precisava de um contato para divulgar, porém ela mais uma vez provou ser batalhadora. “Aluguei o telefone e, como não tinha dinheiro para fazer cartão, fiz um carimbo com o nosso contato, os serviços e o endereço, e fui para a Central do Brasil distribuir. Foi uma grande sacada que tive, pois lá têm pessoas de todos os lugares do brasil e do mundo”, conta.

Empreendedora nata, Elis abriu seu primeiro salão aos 24 anos de idade, fruto de muito trabalho em divulgação. A jogada de marketing deu tão certo que começaram a aparecer pessoas de outros lugares, inclusive brasileiros que moravam fora do país. Ali, foi o começo do seu crescimento. Além disso, ela anunciou na rádio e na revista Raça Brasil, na qual teve um retorno imenso, principalmente da Europa, pois era uma das poucas especialistas em megahair por aqui.

Para se aprimorar, Elis foi a São Paulo fazer o curso Grent Lengths, uma das marcas mais famosas de alongamento de fios do mundo. Com essa nova habilidade no currículo, a expert trabalhou num salão na Farme de Amoedo, em Ipanema, e ali começou a cuidar dos cabelos de vários famosos. Além disso, fez curso de escova japonesa, sendo uma das primeiras a deter a técnica no Rio. Ou seja, ela reinava absoluta em megahair e escova definitiva na cidade. Daí, surgiram vários convites poderosos, como ser responsável por cuidar dos cabelos da top Naomi Campbell.

Tempos depois, Elis abriu um salão no Centro do Rio, bem no coração do Saara. Por lá, realizou vários projetos importantes que a alçaram ainda mais como especialista em megahair no Rio. Trabalhou com atores consagrados em produções de sucesso como, Selton Mello, em “Meu nome não é johnny”, “Feliz Natal” e “Os Desafinados”, onde também fez o cabelo de Rodrigo Santoro. Também cuidou das madeixas de Maria Flor, Liliane Castro, Marília Pêra (novelas e seu último trabalho como Carmem Miranda no teatro), Ana Magalhães (várias novelas), Sthefany Brito, Humberto Martins (“Quintos dos Infernos”), entre outros. Aliás, o ator é uma das pessoas lembradas com carinho por Elis. “Pessoa iluminada, sempre me indicou, inclusive, foi ele quem me apresentou ao Selton Mello com quem pude fazer vários trabalhos”, diz. Além disso, ela foi auxiliar de Luciana Alvarez (dona da marca Great Lengths no brasil, na época), na produção de megahair nas atrizes de novelas, como “O clone”, “Caminho das Índias” e “A casa das sete mulheres”.

Apesar de autodidata, Elis nunca parou de estudar e de se aprimorar. Além dos cursos, ela se formou em cabeleireira, fez Faculdade de Estética e Imagem Pessoal, na Universidade Estácio de Sá, e Pós-Graduação em Cosmetologia. Com mais de 20 anos de bagagem profissional, ela consegue trazer ao seu espaço na Barra, um conceito diferenciado de atendimento.

E para o futuro, a expert espera ensinar àqueles que, assim como ela, são obstinados em aprender e empreender. “Minha pretensão é dar aula, ensinar aquilo o que eu sei. Espero conseguir trabalhar em alguma comunidade ou instituição”, almeja.

==> Maison Chic

Inaugurado em 30 de outubro de 2015, mesmo dia do aniversário de Elis, o espaço está prestes a completar 1 ano de vida. Por lá, as clientes têm o diferencial de serem atendidas em um estúdio feito e projetado somente para elas. Ou seja, homem não entra.

Na cartela de serviços, figuram tratamentos onde o megahair é o protagonista: hidratação, nutrição, coloração, corte e escova (“nesses casos, nem todo mundo sabe fazer”, avisa a expert), reflexo, tratamento capilar a laser, entre outros. Nesse quesito em si, o laser capilar, Elis afirma que é necessário para manter o cabelo e o couro cabeludo saudáveis. “No futuro, por mais que o mega tenha sido bem feito, há um dano, pois estamos colocando um peso a mais na fibra capilar”, explica. Ela utiliza dois tipos de laser indicados para ajudar no fortalecimento e crescimento capilar. Além disso, ela indica dermatologistas para avaliar o real motivo da queda de cabelo, visando um tratamento por completo.

Outro diferencial é a venda de cabelo 100% brasileiro, vindo do Sul do país. “Devido a colonização alemã, os cabelos são loiros naturais e lindos”, explica. Além disso, Elis aposta também em fios de outras partes do mundo – todos escolhidos a dedo para a maior segurança das clientes. “Também trabalho com fios importados, como oriental e indiano, de linha azul, pois são mais limpos e sem pesticida, totalmente livre de pragas. Tudo o que eu ofereço são produtos de alto padrão e de tecnologia”, afirma. Nas prateleiras de produtos, as clientes podem achar marcas renomadas como Moroccanoil, Wella, Kèrastase e L’Oreal.

A partir de novembro, o salão terá pronta entrega de tic tac. Então, não será preciso fazer agendamento para este tipo de técnica. O espaço oferece megahair de queratina, nó italiano, ponto americano (ou costurado) e fita adesiva. “Nós fazemos o mais adequado ou aquele desejado pela cliente, se caso este for o mais indicado para ela”, avisa Elis. Outro plus animador, é o visagismo oferecido gratuitamente. Por ser expert do método, ela oferece uma consultoria, dando dicas de tons de cabelo, corte, volume, entre outros aspectos, que sejam mais adequados ao estilo das clientes.

#dicadebeleza by Elis:

  1. Para você que usa megahair, a técnica é uma ótima ferramenta para ficar mais bonita. Mas os cabelos necessitam de cuidados e os seus também. Por isso, recomendo hidratação semanal e nutrição, pelo menos, uma vez por mês. O ideal seria quinzenal, mas mensal já traz benefícios. E faça no salão, pois em casa não terá o mesmo resultado.
  1. Quando for viajar para fora, não compre nenhum produto sem ter certeza de ser específico para o seu tipo de cabelo. Ás vezes o creme é maravilhoso, mas não combine com você. Por isso, consulte sempre seu cabeleireiro para saber qual tipo é o mais indicado para os seus fios.

 

Onde encontrá-la!

Maison Chic
Av. das Américas, 3555 – Barra da Tijuca
Shopping Barra Square
Tel.: (21)3202-1040
maisonchicelisdesa@gmail.com

 

 

Comentários

Comentários

Confira também

NUTRIGENÉTICA: Nutricionista funcional Fábio Bicalho explica a relação entre a alimentação e o DNA

Você sabe o que a sua alimentação e o seu DNA têm em comum? Tudo! ...